quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Aquele Presente...





Em uma pequena ilha pouco habitada, com pessoas sem educação e escrúpulos, morava a bela garota dos olhos cor de mel e cabelos tão ruivos que, no mar chegava a ser confundida com uma sereia. Seu corpo foi maravilhosamente desenhado por uma obra divina. A jovem que arrancava suspiros dos homens mais novos aos mais velhos da Ilha de Maritatacas chamava-se Luma. Uma garota doce e dedicada as suas crenças.
           Numa tarde nublada, sentada, vendo as ondas do mar se tornar violentas e vorazes avançando cada vez mais para a margem da ilha. Ela avista um homem que chega ao cais, provavelmente veio de balsa, ele carregava algo que se interessara, pois era um embrulho que lhe chamara atenção, muito lindo. A curiosidade dela de saber o que havia lá dentro a deixou sem ar, ansiosa. “Deve ser para alguém que ele a ame demais”, pensou ela.
                Dias se passaram e Luma ficou sabendo da fundação de uma escola próximo a sua casa - seria sua primeira vez numa “escola” – em um armazém, que antes era inutilizado. Na semana seguinte ela foi à escola nova. Ao chegar à escola viu muito alunos desnorteados e notaram que eles não sabiam onde eram seus respectivos lugares. Uma professora perguntou quando anos ela tinha e lhe dirigiu a uma sala e lá estava ele. O homem que ela avistara dias antes no cais será seu professor de hoje em diante. Suas bochechas ficaram rosadas de tanta alegria e, enfim, lembrou do presente.
- A curiosidade foi tanta pelo presente que nem notei sua beleza, seus olhos claros, seus cabelos lisos... – Balbuciou Luma quando notou a ausência do presente em seus braços.
Luma se direcionou a uma cadeira e ele estava sentado na mesa até esperar bastante tempo, para os alunos de certas idades se direcionarem aquela sala e perguntar seus nomes. Quando se encontrava um numero razoável de alunos lá, quando ele tentava aprender os nomes dos seus novos alunos, anunciou um sorteio. Foi então que Luma engoliu o ar que respirava com tamanha surpresa: relembrou do presente. Aquele presente que tanto lhe chamou a atenção fazia parte de um sorteio às meninas daquela sala. Os meninos, consequentimente, não gostaram muito da idéia, mas fazer o quê? Eles não iriam gostar da surpresa mesmo.
- Meninas, coloquem seus nomes em pequenos pedaços de papel e me dêem para sortear a ganhadora de um lindo presente. Ah, só relembrando: meu nome é Rodolfo. – lembrou de se apresentar para os alunos que chegaram atrasados.
Rodolfo era um rapaz de uma cidadela que estava em desenvolvimento chamada Mossoró, ele é órfão do pai e veio morar na Ilha em busca de melhores meios de vida, pois sua mãe não podia sustentar-los, só. Rodolfo achou que vindo participar de um projeto como professor achou que se sairia bem, porém era uma comunidade sem educação.
- E a sorteada é... – anuncia ele depois de tanto embaralhar os papeis – ...Luma.
- Eu? – pergunta Luma sem querer, atônita.
-Sim, você.
-E cadê o presente?
- Vish, esqueci na secretaria, quando acabar a aula eu lhe entrego.
A aula acabou cedo para Luma porque não tinha noção do que era recreio, pois tinha se atrasado ao chegar à sala de aula na hora da explicação de como funcionava as coisas numa escola. Luma foi à procura de Rodolfo na secretaria e recebeu a noticia que ele encontrava-se na praia. Chegando à praia o encontrou caminhando pela areia do mar, descalço,admirando o  barulho em que a água salgada fazia ao se chocar com as pedras. Com o presente nas mãos avista Luma.
- Professor? – perguntou a garota aproximando-se dele.
-Oi? – notou que era a aluna sortida e lhe entregou o presente.
-Obrigada! – e sentou-se Luma na areia da praia para abrir o presente ao lado do professor. Seus olhos castanhos cintilavam de curiosidade.

        William Coelho
-Em breve a segunda parte.

3 comentários:

  1. --"

    Fiquei tão curioso em saber sobre o presente quanto a Luma.
    Tenho um comentário a fazer sobre o texto, mas adivinha só...

    Só contarei depois que ler a segunda parte. :)
    bjs

    satierff.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá.Essa é minha primeira visita ao blog.Vi seu link em outro blog e resolvi vir conhecê-lo.Adorei seu blog e já estou lhe seguindo.Seu blog é muito bem organizado e suas postagens muito bem elaboradas.
    Te convido a conhecer meu blog e segui-lo também.Aguardo sua visitinha!
    Bjs!
    Zilda Mara
    http://www.cacholaliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Estou ansiosa a esperar o termino da historia...Voces sao formidaveis...O QUE A ELITE CULTURAL ESTA ESPERANDO PARA DAR EVIDENCIA AOS TRES?

    ResponderExcluir